Basta o inverno começar a dar as caras que a gente já começa a pensar em comidas e bebidas que tenham tudo a ver com temperaturas mais baixas. Muita gente pode pensar no vinho como primeira opção, mas o mundo da cerveja é tão vasto que certamente encontraremos dezenas de rótulos que caem superbem no frio. Para nos ajudar nessa missão, a sommelier de cerveja Luísa Sartoretto, deu algumas dicas:

 

DE DOCHTER L'ENSEMBLE Esta Barley Wine da cervejaria belga De Dochter van de Korenaar traz uma complexidade única, produzida com um blend de uma cerveja clara e outra escura, feitas separadamente e misturadas posteriormente em um único recipiente onde é fermentada com levedura de cerveja e vinho, além de passar por um leve dry-hopping um dia antes de ser engarrafada. O álcool muito bem inserido vem acompanhado de percepções de vinificação, frutas escuras e caramelo. Imperdível!

 

 

BROOKLYN SILVER ANNIVERSARY LAGER Cerveja feita em comemoração ao 25º aniversário da cervejaria (2013), é uma versão especial da Brooklyn Lager feita em 1988, agora em forma de doppelbock. Com uma mistura de lúpulos alemães e americanos, é uma ótima opção para harmonização, além de ser uma cerveja de guarda e envelhecer impecavelmente.

 

 

PAULANER SALVATOR Clássica doppelbock, consumida pelos monges durante a quaresma por seu alto valor nutritivo, era também chamada de “pão líquido”. Percepções carameladas e a alta potência alcoólica fazem dela uma cerveja saborosa e intensa, perfeita para os dias mais frios.

 

 

SCHNEIDER AVENTINUS EISBOCK Essa eisbock alemã passa por um processo interessante para que possa ser chamada de Eisbock e adquirir toda a vasta gama de sabores e aromas presentes nela. Eis significa gelo, logo a cerveja passa por um processo de congelamento, em que os cristais congelados de água são filtrados. O que sobra é o sumo da cerveja, superconcentrado e alcoólico. Essa ale de trigo não deixa por menos, de textura licorosa e com alta potência alcoólica é capaz de esquentar qualquer um!

 

 

WAY AVELÃ PORTER Para os aficcionados por doces essa é uma opção que não tem como dar errado. Uma Porter com avelã, de textura aveludada, é leve e saborosíssima. Excelente para harmonização com sobremesas à base de cremes e chocolate, vai com certeza adoçar o inverno.

 

 

EMELISSE CREME BRULEE STOUT Outra cerveja para quem não dispensa a sobremesa, uma combinação inusitada, com efeitos que superam as expectativas, esta holandesa nos brinda com uma cerveja única, uma milk stout que devido a uma leve adição de leite apresenta percepções adocicadas de chocolate e doce de leite, combinados com perfeição com as notas torradas dos maltes escuros.

 

SEASONS CIRILO COFFEE STOUT Que tal substituir o cafezinho por uma coffee stout? Cerveja com personalidade, de cara já mostra a que veio, trazendo percepções intensas de café e boa quantidade de lúpulos americanos de características picantes e herbáceas. Vale lembrar que tem adição de café na sua composição, do tipo cerrado mineiro.

 

 

Fonte: Destemperados